Vídeo – De tanto flagrar sucuri no rio, nem sucuri gigante assusta guia de pesca

O que para muitos é de causar espanto, exemplificando o quanto a beleza pantaneira é realmente de surpreender, para Rodrigo Costa Cardoso é sinônimo de “tirar de letra”. Afinal, de tanto flagrar peixes gigantes e até diversas sucuris a nadar pelo rio, nem ao ver uma cobra de tamanho colossal o assusta mais.

Assim foi mais um registro que o guia de pesca compartilhou em suas redes sociais. Na publicação de vídeo no seu perfil do Instagram (assista logo abaixo), feito na tarde de quarta-feira (22) durante travessia no Rio Aquidauana, Rodrigo até falou e escreveu na legenda em tom de “surpresa” – uma brincadeira aos usuários.

“Normal ver isso… direto a gente se depara com uma cena dessas bem pertinha do barco”, afirma o guia de pesca.

E quem o conhece sabe. Há pelo menos 25 anos na profissão (ou seja, pescador nato que é), nem flagra de cobra enorme, onça-pintada feroz ou jacaré “mutante” vão o surpreender mais. O verdadeiro impacto, entretanto, é ter a consciência do quanto o Pantanal – que merece ter cada uma de suas belezas preservadas – vem sendo destruído gradualmente…

Confira o vídeo abaixo:

 

O registro foi feito em trecho do Rio Aquidauana na região do distrito de Palmeiras, no dia de ontem (22). “Normal ver isso. Direto a gente se depara com uma cena dessas bem pertinha do barco”, esclarece Rodrigo.

Na semana passada, um outro flagra de uma cobra de barriga cheia – parada na margem de rio de água cristalina digerindo o animal que parecida ter sido uma capivara – deu “maior susto” em empresário bonitense.

Rodrigo Costa Cardoso é o guia de pesca nas águas do Rio Aquidauana há pelo menos 25 anos.

Segundo o pescador, a cobra em questão – uma sucuri de pele bem rajada – provavelmente deveria ter lá pelos seus 6 metros de comprimento. O comum é a anaconda eunectes (como também é conhecida pelo mundo científico) possuir em média 4,6 m.

Para quem não está acostumado com tamanha naturalidade no movimento do réptil a nadar pelo rio, sua agilidade impressiona.

O bioma pantaneiro, que tanto merece ter cada uma de suas belezas preservadas, vem sendo destruído gradualmente.

(O Pantaneiro)

 

 

fonte: conteudo ms

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *