Taça Brasil começa com goleadas com total de 32 gols assinalados

A primeira rodada da fase classificatória da 48ª Taça Brasil de Futsal – Divisão Especial, neste domingo (25), foi marcada por goleadas, com 32 gols marcados no total. A torcida presente no ginásio da Unigran, em Dourados (MS), pôde presenciar as vitórias de Magnus Futsal (SP), Joinville (SC), Minas Tênis Clube (MG) e Cascavel Futsal (PR). A competição conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Venceu e convenceu  Portuguesa (RJ) e Magnus Futsal (SP) foram os primeiros a entrar em quadra. A tradicional equipe paulista, que busca seu primeiro título na competição, começou pressionando o adversário e pulou na frente do placar logo nos primeiros minutos, com o pivô Sinoê. Danilo Baron ampliou.

Ainda no primeiro tempo, o time carioca diminuiu em jogada de contra-ataque rápido, principal arma usada no confronto. Tuca recebeu na ala esquerda e percebendo o goleiro Djony adiantado, tocou por cima para marcar. A goleada, de fato, concretizou-se na segunda etapa. A agremiação de Sorocaba (SP) dilatou o marcador com Alisson, Pedrinho, Marinho e Kevin. O segundo gol da Portuguesa saiu dos pés de Ryan. Final de jogo: 7 a 2.

Mais um 7 a 2 – O Joinville (SC) contou com duas infelicidades do setor defensivo do Unidos do Cruzeiro (ARUC/DF) para sair na frente e começar a construir a goleada. Xuxa e Andrei não perdoaram e marcaram os primeiros do Coelho. A equipe do Distrito Federal ainda fez o primeiro com Edson Canhoto antes do intervalo.

O JEC voltou do intervalo determinado a liquidar a fatura. Nos oito primeiros minutos da etapa complementar, mais três tentos foram assinalados, com Caio, Machado e Evandro. Em cobrança de falta ensaiada, João Marcelo bateu firme para guardar o segundo e último do ARUC. Depois, Caio e Genaro fecharam o placar para o Tricolor: 7 a 2.

Mostrou a que veio – Imposição e intensidade são as palavras que melhor definem a atuação do Minas Tênis Clube (MG) diante dos sul-mato-grossenses da Apaefs/Buybet Futsal. O atual campeão da Taça Brasil mostrou a que veio e causou inúmeras dificuldades de criação ao adversário. Higo tratou de colocar a equipe mineira em vantagem, com dois gols seguidos. Ainda na etapa inicial, Renato e Gustavo aumentaram a diferença. Na volta do intervalo, Lucas e o goleiro Françoar completaram a goleada por 6 a 0.

Mais novo do elenco da Apaefs/Buybet, o ala Leozinho, de 22 anos, fez sua estreia em uma competição nacional na categoria adulta. Para ele, que entrou no segundo tempo, ter a oportunidade de enfrentar grandes equipes do futsal nacional, como Minas e Magnus, é a realização de um sonho. “Sou o mais novo do time e para mim participar de uma Taça Brasil é uma experiência única, jogar com ídolos, pessoas que assistia pela televisão”.

De virada – Há um ano e meio uma competição nacional organizada pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) não contava com presença de público, devido à pandemia da Covid-19. No ginásio em Dourados, além da atmosfera diferenciada e tão aguardada nos últimos meses, o embalo da torcida foi fundamental para o Juventude AG tomar a iniciativa contra o Cascavel Futsal (PR).

O time da casa iniciou a partida com quarteto de jogadores sul-mato-mato-grossenses, formado por Lineker, Rikelme, Du e Vitor “Dele Alli”, e deu trabalho ao atual campeão paranaense. O estilo de jogo foi o mesmo adotado nos jogos da Liga Nacional de Futsal (LNF) 2021: encaixe na marcação e investida em contra-ataques velozes.

Os dois primeiros gols do Juventude saíram dos pés de atletas do sub-20, evidenciando a rodagem do elenco por conta da maratona de jogos enfrentada nos últimos dias. O ala Maranhão foi o autor do primeiro, colocando os mandantes na frente. A Serpente igualou com Humberto e, posteriormente, o Juventude retomou a dianteira do placar, com tento assinalado por Vitor “Dele Alli”.

A volta desligada para o segundo tempo custou caro ao AG, que até tentou reagir, mas esbarrou na efetividade dos visitantes. Em um minuto, a equipe do interior do Paraná aproveitou o “apagão” adversário, voltou a empatar com Humberto e virou com Zequinha. O placar foi dilatado com gols de Rafinha (2x) e Roni, artilheiro da LNF 2021. Final de jogo: 6 a 2.

“Fomos bem no jogo, porém cansamos e faltou experiência. É um campeonato de tiro curto e não há tempo para lamentar”, afirmou o fixo do Juventude, Guilherme “Salada”. A energia do público foi comemorada pelo atleta. “A volta da torcida é muito importante e estou muito feliz de ter isso de volta, o que faz a gente dar ainda mais nosso melhor”.

Autor de dois gols, Rafinha exaltou a vitória do Cascavel na estreia. O time paranaense visa o título inédito da Divisão Especial da Taça Brasil para sua galeria de troféus. “Viemos para vencer, levantar o caneco. Toda competição que entramos, pensamos em título. Temos um elenco forte, grande e estamos prontos para essa competição”.

Confira abaixo os jogos da segunda rodada da primeira fase, nesta segunda-feira (26):

13h: Minas Tênis Clube (MG) x Portuguesa (RJ) – Grupo A

15h: Unidos do Cruzeiro (DF) x Cascavel Futsal (PR) – Grupo B

17h: Passo Fundo Futsal (RS) x Apaefs/Buybet (MS) – Grupo A

19h: Juventude AG (MS) x Abílio Nery (AM) – Grupo B

com assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *