Suprema Corte da Colômbia ordena prisão domiciliar do ex-presidente Uribe

O ex-presidente está sendo investigado por alegações de que subornou e pressionou testemunhas para que permanecessem caladas sobre seus supostos vínculos com grupos paramilitares e crime organizado. A informação foi publicada pela emissora colombiana La FM, mais cedo nesta terça-feira (4).

Após o anúncio, Uribe disse em uma rede social que sua detenção causará uma divisão dentro do país.

La privación de mi libertad me causa profunda tristeza por mi señora, por mi familia y por los colombianos que todavía creen que algo bueno he hecho por la Patria

— Álvaro Uribe Vélez (@AlvaroUribeVel) August 4, 2020

​A privação de minha liberdade me causa profunda tristeza por minha esposa, por minha família e pelos colombianos, que ainda acreditam que fiz algo positivo pela minha pátria..

Uribe foi o presidente da Colômbia entre 2002 e 2010. Depois de deixar o cargo, ele ainda atuou como senador no país. De acordo a mídia local, o atual presidente colombiano, Iván Duque, expressou seu apoio a Uribe, dizendo que ele tem certeza da inocência do ex-presidente.

 

Fonte: Conteúdo ms

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *