Senador Nelsinho Trad destaca a Rota Bioceânica e divulga MS em Seminário de 30 anos do Mercosul

O senador Nelsinho Trad (PSD/MS), presidente da representação brasileira do Parlamento do Mercosul, destacou, nesta tarde, as vantagens da Rota Bioceânica no Seminário 30 anos do Mercosul, promovido presencial e virtualmente pelo Itamaraty e Fundação Alexandre Gusmão em Brasília, no Distrito Federal.

De maneira remota, o pronunciamento do parlamentar sul-mato-grossense, que se encontra em agenda do Parlamento do Mercosul (Parlasul) no Uruguai, ocorreu, durante sua palestra com o tema O Congresso Nacional e o Mercosul, após abordar sobre a importância de debates políticos e diplomacia parlamentar. “Outro assunto que trago aqui é a Rota Bioceânica, que atende o Brasil, o Paraguai, a Argentina e o Chile. Pela análise, os quatro países vão se beneficiar e muito com o viés alternativo de transporte. Vem a calhar com o desenvolvimento pós-pandemia”, enfatizou o palestrante, senador Nelsinho Trad.

Segundo o presidente da Representação Brasileira no Parlasul, o corredor bioceânico vai reduzir de 30 a 40% em valores de fretes, haverá redução entre o Brasil e a Ásia de 8 mil kms marítimos e impacto de 10 a 14 dias a menos em viagens. “A  gente já percebeu o desenvolvimento de outros setores e que será uma alternativa para o turismo. Lá no meu Estado, apenas o Rio Paraguai separa a cidade Porto Murtinho de Carmelo Peralta, no Paraguai. A obra da ponte já está licitada. Vamos de Porto Murtinho até Antofagasta (no Chile). Essa distância é menor do que a de Porto Murtinho ao Rio de Janeiro, o que vai gerar desenvolvimento para todos nós. Teremos uma estrada, uma rota, para percorrer o Chaco Paraguaio, a Argentina e a Cordilheira dos Andes, até chegar na região chilena. A gente está muito otimista, será um salto de desenvolvimento para o nosso país e para os outros.”

A convite do ministro de Estado das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França, o senador Nelsinho Trad aceitou a participação deste evento. Nos painéis de debates, estavam  parlamentares, acadêmicos e agentes governamentais que discutiram sobre a trajetória do Mercosul, em suas três primeiras décadas, sob a perspectiva brasileira. O moderador, embaixador Michel Arslanian, diretor do Departamento de Mercosul e Integração Nacional, recordou que, no período da manhã, o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, elogiou o senador Nelsinho Trad e o agradeceu pelo empenho na votação de acordos importantes no Senado Federal, como a aprovação do Acordo de Livre Comércio Brasil-Chile. Também, enalteceu a ponderação do senador no seminário. “O senhor aqui dá demonstração de como o tema da infraestrutura tem uma dimensão ampla e um efeito multiplicador importante. Uma energia que devemos aproveitar, cada vez mais, para fazer avançar essa agenda”, disse o embaixador Arslanian.

 

 

 

credito: A Crítica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *