Prévia da inflação desacelera e fica em 0,6% em abril

Fila de carros em postos de combustível, na asa norte, durante a paralização dos caminhoneiros. Foto: Sérgio Lima/Poder 360

Considerado a prévia da inflação, o IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor 15) registrou alta de 0,60% em abril deste ano. Eis a íntegra (284 KB).

O percentual desacelerou em relação a março, quando a taxa foi de 0,93% No acumulado do ano, o IPCA-15 foi 2,82%. Em 12 meses, o índice atingiu 6,17%.

A prévia da inflação no acumulado de 12 meses ficou 0,65 ponto percentual superior ao registrado em março, quando o IPCA-15 para o período foi de 5,52%.

 

Segundo o IBGE, dos 9 grupos de produtos e serviços pesquisados, 7 apresentaram alta em abril.

A maior alta foi do setor de Transportes, no qual os preços subiram 1,76%. O grupo teve impacto de 0,36 ponto percentuais no índice. Apesar de ter pressionado o IPCA-15, desacelerou em relação a março, quando teve alta de 3,79%.

O preços da gasolina teve alta de 5,49%. Em março, o produto tinha subido 11,18%. O etanol (1,46%) e o óleo diesel (2,54%) também apresentaram variações inferiores às observadas no mês anterior (de 16,38% e 10,66%, respectivamente).

O mercado financeiro estima inflação de 5,01% no fim de 2021, percentual que está acima da meta deste ano, de 3,75%, mas dentro do intervalo de tolerância –de 2,25% a 5,25%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *