Presidente do STF, Toffoli, é internado para cirurgia e apresenta sinais de COVID-19

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, foi internado para drenagem de abscesso neste sábado (23). Durante a internação, o ministro apresentou sinais de infecção com coronavírus e ficará em monitoramento.

Segundo nota, assinada pelo secretário de saúde do STF, Marco Polo Dias Freitas, Toffoli passa bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos.

“A cirurgia transcorreu bem e, na noite do mesmo dia, o ministro apresentou sinais respiratórios que sugeriram infecção pelo novo coronavírus, devendo permanecer internado para monitorização. No momento, o ministro está bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos”, afirma a nota.

O secretário de Saúde do STF também revelou que, na última quarta-feira (20), o ministro foi submetido a teste para o novo coronavírus, que foi negativo.

O Dias Toffoli, a princípio, deverá permanecer de licença médica por sete dias, podendo esse prazo ser ampliado, dependendo do resultado dos exames para detectar COVID-19. A presidência do STF, neste período, será assumida pelo o ministro Luiz Fux.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *