Polícia paraguaia fecha entreposto de maconha que atendia organizações criminosas no Brasil

Uma ação coordenada pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai desarticulou na manha desta sexta-feira (30) um entreposto que fornecia droga para organizações  criminosas do Brasil.

O esquema funcionava em uma residência localizada no Bairro Fracción Terraza II, na cidade de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã, no mato Grosso do Sul. No local foram encontrados 146 quilos de maconha prensada.

Agentes da Senad identificaram o proprietário do imóvel. Seu pai, Ramon Fleitas, que estava no local durante a operação, foi preso. A polícia também vistoria outros pontos que podem estar à serviço de organizações criminosas que atuam no Brasil e também na fronteira.

As operações desencadeadas pela Senad em bairros e também na região central de Pedro Juan Caballero estão sendo coordenadas pelo procurador Pablo Zorilla, que ordenou a transferência droga apreendida,  juntamente com o detido para a Base de Operações do órgão.

Fonte: Midiamax

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *