POLÍCIA Marido de “patroa do tráfico” suspeita de ordenar execuções é preso


Foi preso nesta quarta-feira, dia 10 de março, em Salvador, na Babhia, o marido de Camila Zeballos Villa Alta, 28 anos, a “patroa do tráfico” presa acusada de ser dona das sete toneladas de maconha aprendidas pela Defron (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Fronteira) em Ponta Porã.

Segudo o site Campo Grande News, Mauricio Alberto Pallos de Souza, 30 anos, o “Mau-Mau”, foi flagrado por policiais baianos com veículos roubados que seriam usados no tráfico. Os detalhes da prisão ainda não foram informados.

A polícia da Bahia estava no encalço dele após policiais de Mato Grosso do Sul descobrirem que a quadrilha chefiada por Maurício e Camila é uma das principais fornecedoras de maconha e pasta-base de cocaína para aquele Estado, além de levar droga para Minas Gerais e São Paulo.

Com extensa ficha criminal em Salvador, Camaçari e Lauro de Freitas, inclusive latrocínio (roubo seguido de morte), Maurício é apontado como líder da facção “Bonde do Maluco”, uma das principais quadrilhas do chamado “Novo Cangaço”, responsável por assaltos a agências bancárias e carros-fortes em vários estados brasileiros.

Segundo as investigações da Defron, Camila e Rodrigo Ribeiro da Silva, 35 anos, – gerente da quadrilha ferido a tiros pelos policiais ao sacar revólver calibre 38 durante invasão do depósito, na segunda-feira – eram os responsáveis pela remessa de drogas da fronteira para os outros Estados.

Localizada pela polícia no aeroporto de Dourados, Camila se preparava para embarcar para a capital baiana com as duas filhas, de 5 e 8 anos. Em Salvador, ela esperava ser protegida pela facção do marido, pois a Defron já havia descoberto a ligação dela com a carga.

 

 

fonte: Conteúdo ms

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *