O que é fake news

02.06.2020

O QUE É FAKE NEWS
Em agosto de 1954, o major da Aeronáutica Rubem Vaz, guarda-costas voluntário do jornalista Carlos Lacerda, foi morto por um tiro no atentado que visava Lacerda, praticado por integrantes da segurança do Presidente Getúlio Vargas. A Aeronáutica tomou a si a investigação do fato, instalando uma espécie de tribunal na Base Aérea do Galeão, que entrou para a História como República do Galeão.

Quem se sentiu agredido ignorou os caminhos legais, fez o inquérito e julgou. Dois dias depois, Getúlio se matou. Não creio que o Supremo de hoje queira comparar-se àquilo, para tirar um presidente.  É o Inquérito das Fake News mas, ironicamente, essa denominação, em si, já é uma fake news. 

O que se faz é censura, proibida pela Constituição, que garante a liberdade de opinião a da livre manifestação. Ameaça, calúnia, injúria e difamação são crimes; não fake news.

Se alguém posta a intenção de tocar fogo no Supremo ou enfiar outra faca em Bolsonaro, isso não é notícia falsa; é ameaça, crime previsto no Código Penal.

Quero ler o artigo completo
O povo saiu à rua por Bolsonaro
ÁUDIO: Os outros males da pandemia e a verdade sobre fake news

Aquele pessoal, violento e com características fascistas, ameaça ir para rua no domingo
Para evitar confrontos, o presidente Bolsonaro pediu para os manifestantes não irem às ruas no próximo domingo. O general Augusto Heleno disse que é preciso ter juízo, prudência, democracia, independência entre poderes.

O general já disse que não é para as pessoas tomarem atitudes radicais porque o presidente não quer radicalismo entre os seus seguidores. Ele também pediu para as pessoas terem prudência.

Aquele pessoal de preto ameaça ir para rua no domingo (6) e eles se mostraram violentos e com características bem fascistas. Eles deixam o punho erguido fechado, que é algo da extrema esquerda, e usam camiseta preta, que simboliza o fascismo.

Quero ler a coluna na íntegra
Entrevista Mira Flávio, mas quer acertar o presidente
Aquele pessoal, violento e com características fascistas, ameaça ir para rua no domingo

“Como que chamam aquela reunião de manifestação democrática quando aquilo foi uma manifestação caracteristicamente fascista, que queria impedir o direito à manifestação. Isso é fake news. “

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *