Fahd diz em carta ser perseguido por criminosos e sustentado pelos filhos

O ‘Rei da Fronteira’, como é conhecido, estava foragido desde junho do ano passado, quando foi alvo da Operação Ormetà e se entregou na manhã desta segunda-feira (19/4) à polícia no Aeroporto Santa Maria, em Campo Grande.

Em documento distribuído pela defesa composta pelos advogados André Borges e Gustavo Badaró e que o Dourados News teve acesso, Fahd conta ter colaborado “para o equilíbrio da segurança da região da fronteira” e, atualmente se encontra “idoso, doente e sob perseguição de traficantes”, além de viver aposentado e sustentado pelos filhos.

Na mesma carta, cita não ter antecedentes criminais. “Por isso tudo, pretendendo zelar pelos meus direitos nos processos

em curso, tomei a decisão de me apresentar na unidade local do Garras, em mais uma atitude de consideração pelos poderes

públicos em geral”.

Fahd é réu por organização criminosa, tráfico de arma de fogo, obstrução de Justiça e corrupção.

Após se entregar aos policiais, ele foi encaminhado a sede do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), na Capital.

Confira a carta na íntegra

FAHD JAMIL INFORMA

Sou um homem idoso, doente e sob perseguição de traficantes.

 

Estou aposentado e vivo sustentado pelos filhos.

 

Não tenho antecedentes criminais (certidão negativa).

 

É bastante divulgado que sempre colaborei para o equilíbrio da

segurança na região da fronteira.

 

Minha história de vida revela permanente respeito e colaboração

com as autoridades em geral, pela importância das atribuições que

elas exercem.

 

Por isso tudo, pretendendo zelar pelos meus direitos nos processos

em curso, tomei a decisão de me apresentar na unidade local do

Garras, em mais uma atitude de consideração pelos poderes

públicos em geral.

 

Doravante meus advogados Gustavo Badaró e André Borges

 

falam por mim e me representam legalmente.

fonte: Conteúdo ms

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *