Ex-presidiário é assassinado e criança fica ferida em Ponta Porã

Anderson Silva Gomes, de 40 anos, foi executado na tarde desta sexta-feira (25) por um pistoleiro na rua Astolfo do Amaral, no Jardim Planalto, em Ponta Porã. A vítima era um ex-presidiário e atualmente trabalhava em uma funilaria da cidade após cumprir pena por tráfico de drogas.

Segundo as informações, um pistoleiro chegou no local de trabalho da vítima e as partes passaram a discutir, quando o assassino sacou uma pistola e passou a atirar contra o funileiro.

De acordo com o Ponta Porã News, Anderson tentou correr e se esconder dentro de uma residência, mas acabou alcançado e morto a tiros em um dos cômodos da casa. Testemunhas ainda tiveram tempo de acionar o Corpo de Bombeiros, mas quando os socorristas chegaram ele já estava morto.

Ainda segundo o site local, a vítima foi preso no ano passado após a Polícia Federal encontrar mais de 300 quilos de maconha em sua casa, que era alugada.

Uma criança de 9 anos foi atingida na perna pelos disparos feito pelo pistoleiro e foi socorrida para o Hospital da Cassems e não corre risco de morte.

 

O delegado que acompanha o caso, Patrick Linares, deu início às investigações para tentar encontrar o criminoso e averiguar as causas do segundo assassinato em menos de um dia na cidade fronteiriça com o Paraguai.

 

 

 

fonte: conteudo ms

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *