Capelão e Irwing Ferreira fala da importância da música Terapia

Essa semana vimos reportagens e até filmagens sobre o trabalho da capelania hospitalar no acolhimento de familiares que estão com parentes internados no hospital universitário no Cti COVID em campo grande, dentre estes trabalhos está a música terapia realizada pelo Capelão Sr. Irwing Ferreira que é aluno e amigo do Professor Capelão Major Edilson dos Reis responsável por todo este trabalho na capelania, inclusive de prevenção ao suicídio pela nossa UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO DO SUL. Em entrevista ao jornal tribuna do Pantanal Capelão Irwing Ferreira nos conta sobre este maravilhoso trabalho que ele já realiza há mais ou menos 18 anos de forma voluntária nos corredores do hospital e também em asilos, levando a música e a arte para pacientes, familiares e funcionários e alegrando estas pessoas. Sabemos que existem várias capelanias tais como hospitalar, escolar,prisional mais e o que significa? Previsto na constituição, o serviço de capelania consiste num ministério de apoio, fortalecimento, aconselhamento e consolação, levando conforto, consolo, reflexão em momentos de angústia, aflição, desespero, incerteza, através de palavras, gestos ,música e até mesmo o silêncio. Capelão Irwing Ferreira também é voluntário em vários locais que prestam este tipo de apoio e também é auxiliar de enfermagem utilizando este curso para ajudar pessoas, bem como da primeira turma de voluntários no corpo de bombeiros Militar do estado de Mato Grosso do Sul. Ele relata que ao lado do mestre (Capelão Reis), aprende muito e que tem um carinho enorme pelo hospital universitário aonde começou seu trabalho. Irwing Ferreira é membro da Igreja CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL, mais que independentemente de igreja ele olha para o ser humano que em momentos de dor precisa ser acolhido, frisa inclusive uma frase que aprendeu na capelania TODA DOR É SUPORTÁVEL QUANDO NÃO É EM MIM, E QUE UMA DOR COMPARTILHADA DÓI MENOS. Irwing Ferreira ainda relembra algo que ouviu ainda quando criança em uma conversa de um ancião de sua igreja (CCB) com seu saudoso vo, QUEM NÃO VIVE PARA SERVIR, NÃO SERVE PARA VIVER, e leva isso como filosofia de vida. Que tenhamos mais pessoas assim que se doam sem esperar nada em troca, somente pelo prazer de fazer a CARIDADE.

One thought on “Capelão e Irwing Ferreira fala da importância da música Terapia

  • 30 de março de 2021 em 20:41
    Permalink

    Que lindo muito válido a sua intenção de dar um pouco de alegria pra esses irmãos que estão na linha de frente nossos heróis

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *