Beto Avelar discute sobre vacinação de motoristas de aplicativo com secretário de Estado de Saúde

O vereador Beto Avelar (PSD) esteve nesta segunda-feira (19/04) com o secretário de estado de Saúde, Geraldo Resende, para discutir sobre a inclusão dos motoristas de aplicativo no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19. A reunião teve a presença de representante do grupo S.O.S Motoristas de Aplicativo, Alfredo Orlando Palhano, e do chefe de gabinete do senador Nelsinho Trad (PSD/MS), Adilson Rodrigues.

Beto Avelar expôs a situação dos motoristas de aplicativos e motoentregadores e a necessidade de maior apoio às categorias profissionais junto ao Governo do Estado para que a vacinação ocorra o mais rápido possível. Também destacou o início de uma mobilização nacional para que os profissionais sejam incluídos no grupo prioritário pelo Plano Nacional de Imunização.

“São categorias que desempenham um serviço essencial e que estão atendendo a um amplo público neste período de pandemia. Os profissionais estão em situação de vulnerabilidade ao entrar em contato direto com várias pessoas todos os dias. Sejam os motoristas de aplicativos que transportam pessoas para todas as localidades e desafogam o sistema de transporte urbano ou os motoentregadores que levam alimentos, documentos, medicamentos, compras e outros serviços para a população em suas casas”, destaca Beto Avelar.

O vereador Beto Avelar enviou um documento solicitando ao senador Nelsinho Trad a inclusão das categorias no grupo prioritário de vacinação pelo Plano Nacional de Imunização. Dessa forma, a vacinação pode ser antecipada nos Estados e municípios brasileiros. Beto Avelar destaca que é fundamental o apoio da bancada federal para que o Plano Nacional de Imunização beneficie motoentregadores e motoristas de aplicativo. Uma mudança do Plano incluiu os profissionais de segurança pública no grupo prioritário de vacinação.

“É uma necessidade nacional porque precisamos aumentar a proteção para esses profissionais e para os clientes. Alterando o Plano Nacional de Vacinação, certamente, teremos a sensibilidade do Governo do Estado e da Prefeitura para que a vacinação avance para as categorias de motoristas de aplicativos e motoentregadores e a possibilidade de contágio pelo coronavírus seja reduzida”, conclui o vereador Beto Avelar.

Assessoria de Imprensa – Vereador Beto Avelar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *