Rins: Vice-campeonato da MotoGP seria um 'sonho realizado' - TRIBUNA DO PANTANAL

Rins: Vice-campeonato da MotoGP seria um ‘sonho realizado’

Espanhol está a quatro pontos do segundo-colocado Franco Morbidelli, da Yamaha

.

Na luta pela segunda posição, Rins está a quatro pontos do vencedor do GP de Valência, Franco Morbidelli, com mais quatro pilotos ainda matematicamente com chances de chegar à vice-liderança do campeonato.

O piloto da Suzuki disse que o segundo lugar seria “muito bom” para ele e para a equipe, mas está preocupado com a ameaça que a Yamaha representa, com Morbidelli, Maverick Vinales e Fabio Quartararo a 17 pontos de Rins.

Com certeza seria muito bom terminar na segunda posição, é um sonho que se tornaria realidade”, disse Rins. Tem mais dois ou três pilotos na disputa, todos da Yamaha. Penso que estes pilotos são fortes porque a Yamaha está correndo muito bem.”

“Eles se qualificam bem. Morbidelli fez um trabalho muito bom na última corrida. Vamos dar o nosso 100%, com certeza. ”

Rins admite que houve conversas entre a Suzuki e Mir sobre um eventual cenário de ordens da equipe na corrida de domingo, com o campeão mundial satisfeito em ajudar seu companheiro a garantir o segundo lugar na classificação, se puder.

“[Quarta-feira] na hora do jantar tivemos uma conversa com Joan, com Davide [Brivio] e Joan disse que se ele pudesse fazer algo para me ajudar, ele faria”, disse Rins quando questionado sobre se as ordens da equipe foram discutidas.

“Eu realmente agradeço isso, porque no final ele é um rival: ele quer me vencer, eu quero vencê-lo. Se não for possível ele me ajudar, também agradeço a ele por todo o seu trabalho neste ano. Ele era super-rápido, eu estava tentando ser rápido também.”

“O primeiro cara que você quer derrotar é o seu companheiro de equipe, então com certeza nos momentos ruins que tive, eu estava olhando para ele e dizendo ‘uau, Joan está fazendo um bom trabalho, então eu preciso fazer isso também’.”

A primeira metade da temporada de Rins foi dificultado em consequência de uma lesão no ombro que o tirou do GP da Espanha, mas desde então ele conquistou três pódios e uma vitória, em Aragón.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *