Mandetta avisa a interlocutores que fica no cargo. Só sairá se for demitido

Questionado por todos os lados se continuará no governo depois do desastroso pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro em cadeia de rádio e tevê, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse a interlocutores que continuará no cargo. Só sairá se for demitido.

 

Mandetta não esconde, porém, seu descontentamento com toda a polêmica criada pelo presidente, pois dificulta o trabalho do ministério no momento mais crucial para o combate ao novo coronavírus. A partir de agora, os casos  de contaminação vão aumentar muito.

 

A ala mais radical do Palácio do Planalto, liderada pelo filho 02 do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro, está disseminando entre apoiadores que o sucessor de Mandetta já está escolhido: será Antonio Barra Torres, atual presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

Torres faz parte da ala negacionista do governo.  Ele é médico e contra-almirante da Marinha. Assim como Bolsonaro, é contra o confinamento de toda a população como forma de reduzir a disseminação da Covid-19. Ele esteve com Bolsonaro na fatídica manifestação de 15 de março, em que o presidente cumprimentou apoiadores, mesmo estando em quarentena por suspeitas de estar com o coronavírus.

http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/mandetta-avisa-a-interlocutores-que-fica-no-cargo-saira-se-for-demitido/?utm_source=whatsapp&&utm_medium=whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *