Setembro foi mês mais seco dos últimos onze anos em MS

Campo Grande (MS) – O mês de setembro de 2019 foi o mais seco dos últimos onze anos em Mato Grosso do Sul. A informação é da coordenadora do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec), Franciane Rodrigues que explica o recorde histórico monitorado nas 28 estações existentes no Estado desde 2008. “Mesmo com as chuvas do dia 25, estamos terminando o mês com acumulados de chuva muito abaixo da média”.

Das chuvas registradas no Estado, as regiões sudoeste, pantaneira, central e norte foram os locais que menos registraram chuvas, com acumulados máximos de até 25 milímetros. Já nas demais áreas, o máximo registrado foi de 50 milímetros acumulados. “Esse resultado está muito abaixo da média esperada para setembro em MS que era de pelo menos 90 milímetros”, explica.

Apesar de registrar chuva significativa no dia 1° e no dia 25, Campo Grande teve apenas 16 milímetros de acumulado de chuva para o mês, quando o esperado para a capital em setembro era de 73,9 milímetros. Isso corresponde a 21,65% abaixo do que era esperado.

Os dados colocam setembro de 2019, como o segundo mais seco dos últimos 18 anos, pois na Capital, o monitoramento é feito desde 2001. O menor registro de chuva na Capital no mês de setembro, foi em 2007 com acumulado mensal de 4,4 milímetros, e 71 dias sem chuva, conforme a especialista do Cemtec.

 

Mireli Obando, Subsecretaria de Comunicação do Governo de MS

Foto: Arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *