Proposta do Governo do Estado dará fim a décadas de abandono do Taquari

Campo Grande (MS) – O desastre ambiental do Taquari, que teve início na década de 1970 com expansão agrícola na região Norte, está prestes a chegar ao fim. Isso porque o Ibama publicou portaria estabelecendo normas para a apresentação de projetos para recuperação da Bacia do Rio Taquari, por meio da conversão de multas ambientais.

A proposta foi apresentada pelo Governo de Mato Grosso do Sul e é uma das metas da Carta Caiman, assinada em conjunto com o Governo Federal no encontro realizado no Refúgio Ecológico Caiman, em Miranda, em 2016.

Para o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck a medida oficializada pelo Ibama traduz o esforço do Governo do Estado, nesses quatro anos, para restaurar os recursos naturais destruídos pelo assoreamento do Taquari.

Para o secretário, o edital do Ibama não garantirá soluções definitivas à bacia, contudo, acentuou que o Plano apresentado pelo Imasul ao Ministério do Meio Ambiente contempla todas as ações possíveis, as quais serão executadas em várias frentes e etapas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *